quinta-feira, 31 de julho de 2008

A mulher que lê







Um casal sai de férias para um hotel fazenda.
O homem gosta de pescar e a mulher gosta de ler.
Uma manhã, o marido volta de horas de pescaria e resolve tirar uma soneca.
Apesar de não conhecer bem o lago, a mulher decide pegar o barco do marido e ler no lago.
Ela navega um pouco, ancora e continua lendo seu livro.
Chega um guardião do parque em seu barco, pára ao lado da mulher e fala:
- Bom dia, madame. O que está fazendo?
- Lendo um livro - responde, pensando: será que não é óbvio?
- A senhora está em uma área restrita, em que pesca é proibida - informa.
- Sinto muito, tenente, mas não estou pescando; estou lendo.
- Sim, mas com todo o equipamento de pesca. Pelo que sei, a senhora pode começar a qualquer momento. Se não sair daí imediatamente, terei de multá-la e processá-la.
- Se o senhor fizer isso, terei de acusá-lo de assédio sexual.
- Mas eu sequer a toquei! - diz o guardião.
- É verdade, mas o senhor tem todo o equipamento. Pelo que sei, pode começar a qualquer momento.
- Tenha um bom dia, madame - diz ele e vai embora.



MORAL DA HISTÓRIA: NUNCA DISCUTA COM UMA MULHER QUE LÊ. CERTAMENTE ELA PENSA!

5 comentários:

Beca :) disse...

haha bom demais! :D
a mais pura verdade.
=]
beijo! :*

Allana Andrade disse...

Muito bom!!!!
gostei demais...
tava imaginando aqui, vc contando essa história :D

te linkei no meu tb,
obrigada pelos comentários :D

ah e o desenho eu fiz no paint, foi só de brincadeira mesmo, quando eu ainda estava na minha cidade

bjuss

Allana Andrade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Por que nao:)

Leopoldo Luiz disse...

Piada bem dosada tem graça. E essa ganhou em gênero, número e grau. Muito boa. Dei boas risadas...