terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Estava um ferreiro trabalhando em sua ferraria, quando chega um amigo que há muito não via e lhe diz:
- Pois é, quem te viu e quem te vê. Antes, quando você andava por aí pelo mundo, estava numa situação melhor do que essa em que está agora. Suas roupas eram caras, sua bebida, a melhor, e sempre havia pessoas ao seu redor. Depois que resolveu mudar e passou a acreditar nesse negócio de Deus, parece que piorou, cara! Olha para suas roupas: estão rasgadas; seus sapatos estão furados e em pleno Natal, você não tem ninguém, nem o que comer na ceia.
O ferreiro ficou olhando-o sem nada dizer, apenas trabalhando em uma peça que estava fazendo. Passado alguns minutos lhe responde:
- Esta vendo essa espada aqui?
- Sim, estou!
- Para que ele chegue a ter um bom fio e não se quebre facilmente ela tem de passar por alguns processos. Primeiro o ferro chega aqui e eu o levo ao forno com mais de mil graus para derretê-lo. Logo após levo-o à agua fria para endurecê-lo novamente e cortar na forma que eu quero. Eu o aqueço novamente e torno a mergulhá-lo na água fria. A cada vez em que sai do calor e sente o frio da água ele chia e chia até não poder mais. E ele tem de passar por esse processo várias e várias vezes. Alguns suportam bem e dão o melhor aço como aquelas que estão expostas, polidas e brilhantes! Já outras não conseguiram alcançar o fio perfeito e a rigidez necessária para ser uma boa espada e estão alí naquele canto, esquecidas. Ninguém as quer porque o aço não conseguiu dar o melhor de si.
O amigo o olha sem nada entender
O ferreiro continua: - Eu rezo todos os dias pedindo a Deus que por mais que eu saia do calor que uma vida regalada e farta me proporciona, quando eu tenha que passar pelas águas gélidas da adversidade que eu chie, sim, mas que eu possa dar um bom aço. Duro e firme, que enfrente o que vier pela frente e que não me quede alí, no canto das almas esquecidas, porque fui fraco e não dei o melhor de mim.
Que eu seja forjado nas turbulências da vida para ser o melhor aço feito pelas mãos do maior ferreiro que existe: Deus!!!