quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Uma pérola de inteligência!!!!

Avaliação na faculdade, curso de jornalismo.
Uma das questões era definir e explicar o que é "estandardização".
A aluna, deveras segura de que sabia o significado da palavra e o que queria dizer no contexto situado, responde:
"Estandardização é levantar a bandeira da indústria cultural!!!"
Claro que ela estava se portando como porta-estandarte da indústria cultural. E acabou confundindo estandarDização com estandarTização. Na verdade apenas a troca de uma letrinha insignificante, mas que faz uma diferença...

Gente!!!! E ainda estamos discutindo sobre a obrigatoriedade do diploma!!
Se na faculdade, em uma avaliação onde nos textos estudados essa palavra era inúmeras vezes repetida e explicada acontece isso, imagina se uma pessoa sem nenhuma formação se tornar jornalista. Onde a qualidade dos textos para uma informação mais apurada e embasada? Onde o direito da sociedade de que sejam pessoas capacitadas intelectualmente que disponibilizem o acesso à informação e à formação de opinião?

Pois é, meu país, vamos encampar essa luta! Ela não é apenas de nós, jornalistas, mas de cada um dos mais de 180 milhões de habitantes. Este é um direito conquistado a duras penas pela sociedade, portanto, exijam que ele seja cumprido!

4 comentários:

Rebeca Rocha disse...

triste realidade do jornalista essa, e ainda tende a piorar ... não raro as pessoas têm acesso à informação fácil, as distorcem e ainda dizem coisas erradas. Honrar a profissão vai ser difícil mas a gente consegue :D haha
:* beijos e fico na curiosidade de saber quem foi a autora da resposta! hehe

Elaine Mesoli disse...

Ehhhh Beca, talvez você fique sabendo mesmo, eu já contei que isso me inspirou. rsrrs

srta. Moda disse...

fui eu q disse isso!

mas a caríssima companheira mesoli qnd ouviu esta parte de minha derradeira aventura, não estava a par dos meus motivos para dizer isso. Como eu disse a minha companheira Bianca, eu já tinha respondido todas as questões, mas estava me batendo para responder essa. Como a pontuação (ou não) da questão não ia alterar significativamente meu resultado final, resolvi fazer uma gracinha e escrevi isso.

Pronto, espero que agora ninguém venha me crucificar por causa da minha resposta.

:|

Elaine Mesoli disse...

Não estou te crucificando não, Modinha, achei até graça da imaginação. Apenas utilizei pra mostrar que com diploma a gente está suscetível a esses erros, imagine sem ele!
Eu já cometi erros semelhantes no EM.
Fica zangada não, companheira Camila. :P